Gerentes da Sicredi Região da Produção assumem novos desafios

Gerentes da Sicredi Região da Produção assumem novos desafios
Gerentes da Sicredi Região da Produção assumem novos desafios

Neste mês de janeiro, seis gerentes da Sicredi Região da Produção RS/SC/MG assumem novos desafios e começam as integrações nas agências onde atuarão a partir de agora. A iniciativa faz parte da Política de Mobilidade de Gerentes que iniciou em 2020, com o objetivo de propiciar aos profissionais uma visão global e aprendizado contínuo por meio da superação de desafios em um novo cenário.

Com essa perspectiva, a cooperativa oferece oportunidades de desenvolvimento para os líderes e equipes, além de uma nova visão sobre os negócios e associados da nova agência. “A mobilidade de gestores é uma ação muito praticada no mercado e contribui para o desenvolvimento das equipes, dos gestores e, consequentemente, para o melhor atendimento do associado, que terá, em sua cooperativa, profissionais cada vez mais presentes”, destaca o diretor de Negócios da cooperativa, Leandro Carlot.

Os gerentes que assumem o cargo em novas agências são: Carlos Nei Casal (Rio dos Índios); Cleisson Rossetto (Três Palmeiras); Maiquel Garbin Lazzaretti (Rondinha); Ronaldo Rostirolla (Engenho Velho); Rudiberd Schmitz (Liberato Salzano); e Leonardo Sabadin (Nonoai).

Em 2023, ano em que completa quatro décadas, a Sicredi Região da Produção RS/SC/MG planeja inaugurar sete agências. Serão quatro no primeiro semestre: Funilândia (MG), Matozinhos (MG), Pará de Minas (MG) e Guatambu (SC); e três no segundo semestre, em Cordilheira Alta (SC), Nova Erechim (SC) e a segunda de Pará de Minas.

Gerente de Engenho Velho, Ronaldo Rotirolla.
Gerente de Liberato Salzano, Rudiberd Schmitz.
Gerente de Nonoai, Leonardo Sabadin.
Gerente de Rio dos Índios, Carlos Nei Casal.
Gerente de Rondinha, Maiquel Lazzaretti.
Gerente de Três Palmeiras, Cleisson Rossetto.
Compartilhe