Entenda a diferença entre investir e poupar

Entenda a diferença entre investir e poupar
Entenda a diferença entre investir e poupar

A resposta é simples: investir é manter o seu dinheiro em segurança e rendendo juros pra você numa instituição financeira, enquanto poupar está mais ligado ao ato de economizar para sobrar algum valor no mês.

Quando o assunto é fazer o dinheiro render e ao mesmo tempo guardá-lo para realizar um sonho ou pagar uma despesa inesperada, a opção mais lembrada é a poupança, que é um tipo de investimento e constitui parte importante da reserva financeira.


Porta de entrada para investimentos
A poupança é considerada a porta de entrada dos investimentos pelo fácil acesso, explica a gerente de Captação da Sicredi Região da Produção RS/SC/MG, Carolina do Prado Esberci.

A partir de R$ 10 já dá para começar as aplicações, inclusive menores de idade podem ter conta por meio dos responsáveis legais. “É importante que a gente tenha reserva financeira para que, caso tenhamos um contratempo ao longo da vida, possamos nos manter nesse período. Para formar uma reserva financeira, a indicação é que você tenha de 3 a 12 meses do seu custo mensal reservado para uma eventualidade”, esclarece Carolina.

Vantagens da poupança
Entre as vantagens de investir na poupança estão a rentabilidade garantida, a possibilidade de resgatar valores a qualquer momento e a isenção de Imposto de Renda e Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para Pessoa Física, além de tributação trimestral para Pessoa Jurídica com fins lucrativos e mensal para Pessoa Jurídica sem fins lucrativos, salvo em situação de isenção e imunidade amparadas na legislação vigente.


Maior rentabilidade e segurança no Sicredi
Associados Sicredi ganham participação no resultado da sua cooperativa proporcional à quantidade de produtos e serviços que utilizam, entre eles a poupança. Portanto, dá para se dizer que no Sicredi, a poupança rende mais para o investidor, fora o fato de que o dinheiro aplicado no Sicredi retorna para as comunidades, seja em forma de crédito para produtores rurais e empresas ou na realização de programas sociais que colaboram para a geração de emprego e renda.

Conheça o Juntos pela Comunidade, que doa parte dos investimentos para entidades


Outro fator relevante é a segurança adicional que os investidores têm por meio do Fundo Garantidor do Cooperativismo (Fgcoop), que cobre até R$ 250 mil por CPF/CNPJ em caso de intervenção ou liquidação extrajudicial da instituição financeira cooperativa.


Mais facilidade pra você
Faça aplicações, resgate de valores e consulta a saldos e extratos da sua conta poupança por meio do aplicativo do Sicredi, pelo internet banking, pelos serviços por telefone ou pelo caixa eletrônico.
E se é difícil, durante o mês, lembrar de separar uma quantia para investir na poupança, você mesmo pode programar no app Sicredi uma data mensal para passar o valor escolhido da sua conta corrente para a poupança automaticamente.

Bacana, né? Clique aqui para investir o seu dinheiro no Sicredi.

Compartilhe